Open post

O Conceito da Organização Moderna

O que é Organizar?

Naturalmente sabe-se que organizar é dispor os recursos humanos e materiais em uma estrutura. Ou seja, organização é a função administrativa a que:

  • Distribui as tarefas e os recursos pelos membros da empresa;
  • Determina quem tem autoridade sobre quem; e
  • Estabelece quando e onde se devem tomar decisões.

Em outras palavras, a organização agrupa e estrutura, os recursos organizacionais, sejam eles pessoas, sejam tecnologia ou informaçao. É ela também que estabelece os mecanismos de comunicação e coordenação entre os membros da empresa, para permitir que os objectivos sejam alcançados de modo eficiente.

O Processo de Organização

Organizar, antes de tudo, é um processo de tomada de decisões, como também são as demais funções da administração. Para organizar, o administrador divide, integra e coordena as actividades e os recursos organizacionais, de forma a alcançar as metas definidas. O resultado final é o desenho da estrutura organizacional, ou seja, a própria configuração estrutural da empresa – que departamentos tem, quantos níveis hierárquicos etc.

Divisão do Trabalho

A divisão do trabalho é um dos pressupostos básicos da existência das organizações. Afinal, sabe-se que uma empresa realiza múltiplas tarefas. Para isso, a empresa precisa dividir o trabalho entre seus profissionais e, caso não seja muito pequena, criar sectores especializados.

A divisão do trabalho possibilita uma cooperação eficiente entre os membros organizacionais. Ela obedece a critérios racionais, manifestando-se nas seguintes situações:

  1. Na especialização vertical e horizontal das tarefas sob a responsabilidade de um trabalhador;
  2. Na hierarquia e na consequente disposição de autoridades e responsabilidades ao longo da cadeia de comando; e
  3. Nas diferenças horizontais que existem entre os departamentos de uma organização.

Integração

Após dividir o trabalho, é necessário integrar os sectores e as pessoas para que a organização atinja seus objectivos. Fazer a integraçao é agrupar e associar tarefas, actividades e recursos organizacionais em unidades de trabalho  para permitir uma melhor coordenação.

Como vimos, o trabalho é dividido tanto entre os sectores como entre os funcionários de uma organização. Por sua vez, a integração se manifesta:

  1. Nos cargos, posições e funções organizacionais (que especificam tarefas e responsabilidades relativas aos membros organizacionais); e
  2. Nos critérios de departamentalização responsáveis por agrupar as actividades e os recursos organizacionais em departamentos ou unidades de trabalho.

Coordenação

A coordenaçao corresponde à utilização de mecanismos que buscam a colaboração entre vários departamentos, para que se alcançem os objectivos globais da organização.

Para você entender a importância da coordenação, imagine qe uma determinada tarefa nao seja realizada. Nesse caso, a divisão e a integração do trabalho em departamentos poderiam levar à perda da visão da organizacao como um todo. Cada departamento ou área funcional talvés se concentrasse apenas em suas próprias actividades ou objectivos, abrindo espaço para conflitos interdepartamentais.

A coordenação tem o objectivo de evitar isso, sem prejudicar a especialização que contribui para a realização eficiente das tarefas. Quando maior a organizacao, mais difícil e complexo é o proccesso de coordenação, pois ela possui mais posições e departamentos. Mas como coordenar? Que instrumentos utilizar? Para realizar uma coordenação eficaz, podem ser utilizados vários meios como:

  1. As próprias funções e técnicas de administração;
  2. A supervisão hierárquica;
  3. As regras, os procedimentos e as políticas internas;
  4. Os planos e os objectivos organizaciconais; e
  5. A comunicação e os sistemas de informação.

Organizar não é uma função simples.

Não acha organizar como sendo uma função bem complexa? Afinal, o administrador tem que estabelecer processos aparentemente contraditórios entre si, como dividir, integrar e coordenar.

Na prática, ele busca tentar superar os possíveis conflitos entre os limites individuais e os complexos objectivos organizacionais, necessariamente, a uma sequência: primeiro se faz a divisão; em seguida a integração; e depois, a coordenação. Mas nem sempre é assim.

Os administradores estão inseridos em estruturas organizacionais já existentes. E essas estruturas devem ser redesenhadas de tempos em tempos para que sejam estabelecidas novas estratégias organizacionais, de forma a se alinhar com mudanças ambientais.

Scroll to top